Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Jesus está voltando (2)

Continuando a mostrar que a vinda de Jesus esta bem próxima, agora passamos a analisar mais alguns sinais que Ele apontou e determinou que nós observássemos. Veremos agora os sinais da tecnologia, da política mundial e de Israel.
Os sinais da tecnologia - O Livro de Daniel fala sobre uma explosão do conhecimento tecnológico nos tempos do fim e muitas profecias bíblicas só podem ser entendidas à luz da tecnologia: como poderia o mundo inteiro ver as duas testemunhas estiradas nas ruas de Jerusalém (Apocalipse 11:8-9) sem a TV moderna? Como poderia o falso profeta construir uma imagem do Anticristo parecendo estar vivo (cap. 13:15) senão pela robótica? Como poderia o Anticristo exigir que todos os habitantes da Terra usem a marca de besta, a fim de poder comprar ou vender (VV 16-17), se não existissem os computadores e o laser? Jesus disse que a Grande Tribulação será tão terrível que toda a vida na Terra seria destruída, se aqueles dias não fossem abreviados (Mateus 24:21-22). Como isto poderia haver sem armas nucleares, “porquanto as virtudes do céu serão abaladas"? (Lucas 21:26). Isto soa como a devastação causada pela bomba atômica.
Os sinais da política mundial - A Bíblia avisa que haverá um novo mapa geopolítico mundial, nos tempos do fim. O foco de tudo será no restabelecimento de Israel (Zacarias 12:2-3). Este será ameaçado por uma nação inimiga "das partes remotas da terra" - Gogue e Magogue (Ezequiel 38:2-6): a Rússia moderna. Outra fonte de perigo contra Israel é a coligação das nações árabes. Esses povos ambicionam a terra e por isso intimidam os judeus (Ezequiel 35:10; 36:2).
Outro peão da política mundial, nos tempos do fim, será a coligação das nações européias formando uma confederação na área do antigo Império Romano (Daniel 2:41-44; Daniel 7:7,23-24; Apocalipse 17:12-19). Daí sairá o Anticristo a fim de governar o mundo (Daniel 7:8). Outros sinais políticos internacionais incluem guerras e rumores de guerras (Mateus 24:6), guerras civis (Mateus 24:7) e terrorismo internacional, generalizando a ilegalidade (Mateus 24:12).
Os sinais de Israel - Estes são muito importantes. Um dos mais repetidos no Velho Testamento é que os judeus serão trazidos dos "quatro cantos da terra", nos tempos do fim. (Isaías 11:10-12 e 66:7-8). A Bíblia prevê, logo após os judeus votarem à sua terra, um reflorescimento da mesma (Isaías 35). O deserto florescerá e o povo exclamará: "E dirão: Esta terra assolada ficou como jardim do Éden: e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas, estão fortalecidas e habitadas" (Ezequiel 36:35). 
Outro milagre dos tempos do fim será o reavivamento da língua hebraica (Sofonias 3:9). Os judeus que foram dispersos no Ano 70, deixaram de falar sua língua materna. Os que se fixaram mais ao norte da Europa desenvolveram uma língua chamada Yidish, uma combinação do hebraico com o alemão. Os que se fixaram na bacia do Mediterrâneo criaram uma língua chamada Ladino, uma combinação do hebraico com o espanhol.
Muitos sinais significativos já se cumpriram no século 20. A nação judaica foi restabelecida, a língua hebraica revivida, a terra voltou a ser cultivada, os judeus estão de volta à sua capital e Israel se tornou o ponto focal da política mundial, com Jerusalém se tornando "um cálice de tontear".
Por que Israel? Sem Israel não haveria uma nação judaica para a volta do Senhor. Em Mateus 24:32-35, Jesus fala aos discípulos sobre a parábola da figueira (um símbolo de Israel). No dia anterior, Ele havia amaldiçoado uma figueira estéril, fazendo-a secar (Mateus 21:28-29). No dia seguinte, Ele disse aos discípulos que observassem como a figueira iria florescer novamente, ou seja, haveria o renascimento do estado de Israel. Ele disse que quando a figueira reflorescesse, Ele estaria às portas do céu, pronto para o Seu regresso (Mateus 24:33). E acrescentou uma observação: "Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam" (verso 34). Qual é esta geração? A geração da figueira reflorescida é exatamente a nossa... Portanto, vigiemos, pois Jesus está voltando! Esta foi uma profecia simbólica de que Deus iria derramar a Sua ira sobre o povo judeu, pela sua sequidão espiritual e rejeição ao Seu Filho.
Jerusalém Lemos em Lucas 21:24: "E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem". A primeira parte desta profecia se cumpriu no ano 70, quando os romanos, liderados por Tito, conquistaram Jerusalém e dispersaram os judeus entre as nações. Desde então, Jerusalém permaneceu sob a ocupação dos gentios, até que foi reconquistada pelos judeus, na famosa Guerra dos Seis Dias. Até hoje o mundo não explica como numa guerra onde havia mil árabes para um judeu, estes saíram vencedores. Só mesmo pelo poder de Deus, pois a Bíblia havia profetizado isto e a Escritura não pode ser anulada! Esta é mais uma prova decisiva de que estamos vivendo nos tempos finais, ou seja, que a era dos gentios está chegando ao fim.
Não há como escapar à conclusão de que estamos vivendo o fim da era dos gentios. Em Lucas 21:28, lemos: "Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima". 

("Jesus is Coming" - Dr. Ronald Reagan; traduzido e adaptado por Mary Schultze, em 25/10/2010)

58385

  © Blogger templates Modelo: Shiny by Ourblogtemplates.com 2008 - personalizado por Georges - que ralou pra caramba!

Voltar ao INÍCIO