Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 6 de junho de 2009

Ex-atriz pornô se converteu

Regininha Poltergeist era o nome artístico de Regina de Oliveira Soares, uma atriz e cantora que despontou para fama fazendo o papel de uma santa que curava doentes com sexo na peça “Santa Clara Poltergeist”. Também fez um programa erótico, “Puro Êxtase”. Fez sucesso como “backing vocal” na efêmera banda de Fausto Fawcett, sobressaindo-se no palco como a “Louraça Belzebu” na música “Kátia Flávia”. Depois de incontáveis ensaios em revistas masculinas e três filmes pornôs, mudou de vida e passou a freqüentar o templo da igreja Bola de Neve. Em entrevista ao portal Gospel + na época em que começou a ir à igreja, ela falou sobre sua nova postura, disse que "não se arrepende" dos trabalhos picantes que fez no passado e não descarta até mesmo virar "cantora gospel". Leia alguns pontos da entrevista.
- Quem te apresentou à religião? 
- Foi o Zé Reinaldo (um coreógrafo). Fui criada na Igreja Católica, depois comecei a freqüentar o espiritismo. Conheci um pouco de umbanda e candomblé. Nunca para fazer mal a ninguém. Falavam que eu tinha mediunidade e que precisava cuidar dos meus orixás, dos meus guias, para eu poder caminhar profissionalmente. Mas eu não via resultado. Pelo contrário.
- Sua vida mudou depois que você se converteu? 
- Muito. Eu estava na Praça Saens Peña, na Tijuca (RJ), quando encontrei com o Zé. Ele olhou para mim e perguntou o que estava havendo. Eu respondi que ninguém sabia o que eu tinha e ele me levou para a igreja. Primeiro fui à igreja que é perto da minha casa, no Grajaú, na casa do pastor. Começou a sair um monte de coisa de cima de mim. E agora estou na Bola de Neve, com a Marinara (ex-modelo e ex-policial). Ela foi madrinha do meu batismo (???).
- E o fato de você ter feito filmes pornôs? 
- Não me arrependo, não. (grifo meu). Só que eu não posso e não quero mais cantar aquela música “Kátia Flávia” porque fala da “Louraça Belzebu".  
- Você pretende chegar a uma posição importante dentro da sua igreja? 
- Por que não? Mas eu gostaria mesmo é de cantar músicas para Jesus. Ele mudou minha vida!Fonte: Extra / Gospel + 5 de fevereiro de 2009 (http://noticias.gospelmais.com.br/famosa-atriz-porno-se-converte-e-ja-quer-ser-cantora-gospel.html ).
Depois disso, Regina desapareceu da vida artística e da midia, de modo geral. Chegou a dizer que queria ser conhecida doravante por Regininha Pentescostes. Mas a última noticia sobre ela dizia que estava trabalhando como vendedora em uma loja de eletrodomésticos, e não se soube mais dos seus planos de virar cantora gospel”.
Numa outra entrevista, ela disse que se arrependia sim:“Eu me arrependi muito dos filmes que fiz. Fiquei doente com depressão e prometi a Deus que se me recuperasse me converteria e seria evangelizadora”, conta a ex-Poltergeist. “Não foi fácil conseguir esse emprego. Minha fama não ajudou em nada. Passei por todas as etapas do processo de seleção como qualquer outro funcionário da empresa. Fiz prova, exame médico...”.
Esperamos que a segunda versão - a do arrependimento - seja a verdadeira.
O que é engraçado é que certos blogs toscos como este aqui acham que largar filme pornô, não querer mais ser usada como mulher-objeto, abandonar as drogas e a prostituição e buscar um emprego humilde, mas honesto, é “decadência”... dá pra entender esse pessoal, ditos “formadores de opinião”?

Outros famosos que "se converteram" 
O segmento evangélico é o que mais cresce no Brasil - segundo uma pesquisa do IBGE, no começo dos anos 2000, o número de fiéis quase dobrou em relação à década anterior. Entre os convertidos, é claro, muitos são famosos. Não são raras as notícias de que uma celebridade "aceitou Jesus" e se tornou protestante. Desde os anos 70, o movimento Atletas de Cristo levava o Evangelho aos campos de futebol. João Leite, ex-goleiro do Atlético Mineiro e Seleção, dava Bíblias aos adversários antes das partidas. O zagueiro Cléber, ex-Atlético Mineiro, Palmeiras e Cruzeiro, é fruto desse trabalho. Alex Dias Ribeiro, então piloto de Fórmula 1, foi quem iniciou esse ministério. Hoje talvez o jogador mais famoso seja Kaká, à exceção talvez de Neymar - se é que Neymar é crente mesmo. Mas houve convertidos também em outras áreas. Muitos não se contentaram em ficar na platéia e se lançaram como estrelas do mundo evangélico, como Nelson Ned, Sula Miranda, Baby do Brasil e Mara Maravilha.
Mas quando o assunto é celebridades, a igreja Bola de Neve é campeã. Freqüentada por jovens, em sua maioria, ela trouxe para seu rebanho artistas como Alexandre Frota, Regininha Poltergeist, Rodolfo e Monique Evans – e alguns até tentaram conciliar a carreira no mundo erótico com a igreja.
Veja alguns famosos que "aceitaram Jesus":
Baby do Brasil – ex-Baby Consuelo dos “Novos Baianos”, não só virou evangélica como abriu uma igreja. A sede do Ministério do Espírito Santo de Deus em Nome do Senhor Jesus Cristo ficava em Botafogo, no prédio onde a cantora tinha montado uma gravadora. Ela chegou ao Protestantismo após circular por várias religiões e seitas orientais.
Rodolfo - Ex-vocalista da banda hardcore “Raimundos” (de sucessos como “Mulher de Fases”), Rodolfo deixou seus companheiros por causa da mulher, que fazia cultos evangélicos na residência do casal. Depois de um tempo sumido, Rodolfo voltou aos palcos com a banda "Rodox", cantando um tal "rock do Senhor", mas não conseguiu alcançar o mesmo sucesso de antes.
Mara Maravilha - desde pequena, apresentava programas para crianças. Alcançou fama como jurada do programa Silvio Santos, e chegou a posar nua em revista masculina. Porém, sua vida não era perfeita e em um momento de angústia conheceu Jesus. Segundo conta, estava doente e, atrás de um alívio, foi à igreja. "Tudo o que o pastor falava coincidia com a minha vida", disse. Hoje, Mara é famosa cantora gospel e recusou um convite milionário para estrelar uma campanha da cerveja "Devassa".
Monique Evansex-modelo, atriz e protagonista de revistas masculinas, foi apresentadora de programas eróticos na TV. O trabalho virou problema, porém, quando ela foi para a igreja Bola de Neve. Em um culto, ela anunciou aos presentes que estava deixando o programa. Mas vira e mexe aparece em programas de qualidade discutível, apresentando comportamento e opiniões incompatíveis com o padrão normal de pessoa convertida.
Gretchen - sempre explorou o corpo para fazer sucesso. A "rainha do rebolado", porém, encontrou Jesus e andou nos trilhos nos primeiros anos; mas depois, ainda na igreja, posou nua duas vezes - em uma delas, estava grávida - e até fez filmes pornográficos. Depois de dizer que "se converteu", já se casou e separou várias vezes. Assume posições polêmicas como a defesa do homossexualismo.
Alexandre Frota - começou como ator de novelas, e chegou a fazer algum sucesso. Até fazer um ensaio fotográfico vestido de marinheiro com outro homem. Daí por diante, enveredou na trilha dos filmes pornográficos, contracenando incusive com travestis. Agora, após anos na pornografia, diz que largou o ramo e foi para a Bola de Neve. Às vezes anda aparece na TV, em busca do sucesso perdido.
Marcelinho Carioca – ficou famoso como 
jogador do Corinthians. Há vários anos descobriu a Palavra do Senhor e, a partir daí, se tornou evangélico fervoroso. Eram memoráveis os duelos contra o zagueiro Cléber, também evangélico, quando troca de sopapos e pontapés entre os dois era coisa comum. Tentou levar paralelamente a carreira de futebolista e a de cantor gospel. Anda sumido ultimamente.
Xanddy e Carla Perez - começaram a freqüentar a igreja, em 2006, em Salvador, quando Xanddy participou da gravação de um DVD gospel. Hoje ainda são figurinhas carimbadas nos carnavais da Bahia, em cima de trios elétricos, vestidos sumariamente tentando "evangelizar".

Segundo Época, aumento de evangélicos pode mudar o Brasil 
A revista Época, publicada em 25 de maio de 2009, apresentou uma série de matérias com previsões para o Brasil em 2020.
O crescimento evangélico é abordado em uma das matérias. Baseado em dados estatísticos, estima-se que 50% da população brasileira poderá ser evangélica. E se a previsão se cumprir, o aumento no número de fiéis ajudará a mudar a “cara” do país. Uma das hipóteses para o crescimento dos evangélicos, segundo a matéria, é a flexibilização e adaptação à sociedade.
Para a revista, a influência evangélica em 2020 contribuirá para a diminuição no consumo do álcool, o aumento da escolaridade e a diminuição no número de lares desfeitos, já que a família é prioridade para os evangélicos. Fonte: Portas Abertas / Gospel+ 28 de maio de 2009 (http://noticias.gospelmais.com.br/segundo-revista-epoca-o-aumento-de-evangelicos-pode-mudar-o-brasil.html)

COMENTÁRIO – Sem dúvida, há júbilo nos céus quando um pecador se arrepende. Um antigo hino (274) do saudoso Cantor Cristão diz: “Oh que belos hinos cantam lá nos céus, pois do mundo o filho mau voltou... é o santo coro, dando glória a Deus, por mais um remido entrar nos céus”. Devemos acolher com amor na família de Deus cada novo irmão em Cristo, dando-lhe todas as condições para que cresça no conhecimento do Senhor e Sua Palavra. Mas o que nos entristece é ver que muitas “conversões” são questionáveis, pois alguns dizem não se arrepender das obras más do passado (como Regininha), e outros continuam com os mesmos hábitos mundanos, mantendo as mesmas atitudes e atividades, incompatíveis com os valores cristãos (como a cantora Joelma, da banda Calypso: ritmos sensuais, letras de duplo sentido, canções picantes, figurinos de strippers, etc... veja o vídeo abaixo e depois reflita se Deus pode estar nesse negócio, como esses músicos apregoam, escrevendo nas capas de seus DVDs que “Até aqui nos ajudou o Senhor”):


Não se trata de ser careta, antiquado ou ultrapassado. Apenas desejamos que haja convicção do pecado e o arrependimento profundo nesses corações, sem o que tudo isto é apenas mudança “de religião”. Pois “se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (II Coríntios 5:17). Somente com conversões genuínas poderemos ver uma mudança de fato neste país. Diminuição do alcoolismo e outros vícios, aumento da escolaridade, fim das separações, diminuição da prostituição, do tráfico (de drogas, de influência e de pessoas), da corrupção e outros crimes, mais justiça social, melhor distribuição de renda, tudo isto seria muito bom, sem dúvida; melhor ainda seria ver os convertidos dando exemplo à população, a começar dos tais “famosos” - o que ainda não acontece, infelizmente, devido às muitas conversões nominais.
DOA A QUEM DOER.
Editado em 16/06/2012 

  © Blogger templates Modelo: Shiny by Ourblogtemplates.com 2008 - personalizado por Georges - que ralou pra caramba!

Voltar ao INÍCIO